Qual é o melhor exercício para reduzir a barriga?

0
Qual é o melhor exercício para reduzir a barriga

Não tem nada que aterrorize mais as mulheres (e alguns homens também). Diminuir a barriga é o desejo da maioria. É impressionante como a gordura parece se acumular apenas nessa região. E mesmo para quem faz dieta, se trata da região mais difícil de queimar.

O que muita gente não sabe, porém, é que nem todas as barrigas são iguais. Esse acúmulo no abdômen pode ser motivado por diferentes motivos. E existem exercícios que podem ajudar muito a secar os pneuzinhos.Confira nossas dicas!

Descubra de qual tipo é a sua barriga

Descubra de qual tipo é a sua barriga

Uma mulher que teve filho há menos de 2 meses, provavelmente vai ter uma protuberância na região do umbigo. Já alguém que vive de fast food, terá uma gordurinha também nos culotes. Embora não pareça, essa diferença precisa ser levada em consideração para adequar o estilo de vida.

Descubra qual é o seu caso:

  1. barriga com pneus — é uma das mais comuns, geralmente resultado de uma rotina desregrada. O sedentarismo e uma dieta rica em carboidrato e açúcar são os principais responsáveis. É importante fazer uma reeducação alimentar e incluir exercícios na rotina. Diminuir pães e doces é essencial;
  2. barriga de estresse — é parecida com a versão acima, porém, acumula-se a partir do diafragma. A alta produção de cortisol, hormônio relacionado ao estresse, faz com que a gordura se acumule em todo o abdômen, concentrando-se principalmente ao redor do umbigo. É mais espessa. Pode ser resultado de má alimentação e noites mal dormidas, por exemplo. Por isso, é indispensável priorizar o sono, fazer atividade física e comer melhor;
  3. barriga pós-parto — durante a gestação, o bebê precisa de espaço, então durante 9 meses, os órgãos internos ficam pressionados, e a pele estica. Após o parto, é natural que a barriguinha permaneça por algumas semanas. Entretanto, se a dieta for excessivamente calórica, o que vai acontecer é que a gordura vai tomar conta desse espaço anteriormente ocupado pela criança. As mulheres que amamentam conseguem reduzir medidas mais facilmente, pela queima calórica;
  4. barriga pequena baixa — a incômoda pochete está muito presente em pessoas magras. É comum também em que faz a mesma atividade física por muito tempo. Como não há estímulo, é mais fácil acumular gordura na região. Também é resultado de má postura. É importante sempre variar os exercícios, comer mais fibras e cuidar da coluna para corrigir o problema;
  5. barriga inchada —  muita gente acorda com o abdômen seco pela manhã e chega ao fim do dia com a barriga redonda. O motivo pode estar em intolerâncias alimentares não descobertas, maus hábitos ou mesmo alergias. O intestino preguiçoso, porém, é o inimigo número 1. Adequar a dieta e fazer atividade física é indispensável.

É possível também ter uma combinação desses tipos de barriga, com estresse e inchaço, por exemplo. De qualquer maneira, a solução sempre passa por exercícios e reeducação alimentar.

Quais exercícios ajudam a diminuir a barriga

Estar acima do peso não significa que você não esteja saudável. Entretanto, o acúmulo de gordura na barriga pode significar um risco maior de desenvolver doenças.

Por isso, qualquer que seja o corpo, é importante não ceder ao sedentarismo. Certos exercícios ajudam a queimar a barriga e ainda podem ser feitos em casa mesmo. Veja:

  • prancha — deite no chão com a barriga para baixo. Apoie os antebraços no chão e suba o quadril, ficando na ponta dos pés. Essa é a posição básica da prancha, um dos exercícios mais eficientes para o abdômen. É importante contrair bastante o abdômen enquanto mantêm a posição. É essa contração que vai estimular a região. Faça 3 repetições, com pelo menos 30 segundos mantendo a posição;
  • prancha com rotação de quadril —comece o exercício na mesma posição da prancha. Adicione a rotação, girando o corpo de um lado para o outro, para conseguir trabalhar os músculos laterais. Faça 3 séries com 40 repetições;
  • prancha com subida de joelho — em vez de apoiar o corpo com os antebraços, use as mãos, deixando o corpo mais alto. Alterne então as pernas, subindo o joelho em direção ao cotovelo. Esse movimento vai trabalhar o core, o músculo reto abdominal e fortalecer a coluna. Faça 3 séries com 12 repetições de cada perna;
  • abdominal lenhador — não só de exercícios no chão vivem os abdominais. Nessa versão, é preciso ficar em pé, segurando uma carga (pode ser improvisada com o que tiver em casa), e girar o corpo como se realmente estivesse cortando lenha, de um lado a outro. Os movimentos vão trabalhar os seus oblíquos e fortalecer o core, te dando mais estabilidade também; Faça 3 séries com 20 repetições de cada lado;
  • elevação de pernas — de volta ao chão, deite de costas e suba o corpo, apoiando-se nas mãos voltadas para trás. Suba o quadril e deixe no ar, apoiando apenas os calcanhares no chão. Suba lentamente um pé, depois o outro, alternando. Você vai sentir a região abaixo do umbigo queimar em pouco tempo. Faça 3 séries de 20 repetições;
  • tesoura — ainda deitado de costas, apoie-se agora nos cotovelos e suba e desça as pernas, numa posição semelhante a de uma tesoura mesmo. Não deixe os calcanhares tocarem o chão. Esse exercício exige bastante da musculatura inferior do abdômen. Faça 3 séries com 30 repetições.

Pode até não parecer, mas incluir esse tipo de exercícios na rotina faz muita diferença. O que acontece é que a maioria das pessoas sequer se dá conta de que a barriga saliente pode ser resolvida ou, ao menos, melhorada.

Adicionar uma atividade aeróbica, como a caminhada ou corrida, também contribui bastante para queimar a gordura localizada.

E se você não sabe se precisa diminuir a barriga, pegue uma fita métrica. Para mulheres, o ideal é que a circunferência não passe dos 88cm. Já para os homens, o valor deve ser de, no máximo, 102 cm, na região do umbigo.

Qual é a sua medida? Ficou assustado ou feliz com o resultado? Deixe seu comentário contando se vai começar a seguir nossas dicas para secar o abdômen!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui