Como este homem de 210 kilos conseguiu emagrecer

0
antes e depois Christopher Hasty
Como este homem de 210 kilos conseguiu emagrecer! Imperdível!

Você sente que se acomodou com seu peso? Que apesar de estar incomodado, prefere comer o que é mais prático, mesmo que isso faça mal para sua saúde? É comum que isso aconteça. E que seja preciso levar um choque de realidade para sair dessa situação. Foi assim com Christopher Hasty, um norte-americano que pesava 210kg.

Por meio de uma cirurgia bariátrica, o terapeuta de 31 anos iniciou uma intensa perda de peso. No entanto, foi com a corrida que ele conseguiu chegar a 95kg.

Seu relato é impressionante e muito inspirador, confira a seguir!

“Precisava fazer alguma coisa para consertar minha vida”

Cerca de 21 meses atrás, eu estava com o maior peso da minha vida, 210kg. O peso sempre foi uma dificuldade para mim. Apesar de ser uma criança ativa na escola e também na faculdade, eu sempre fui mais pesado. Isso se tornou muito pior depois que comecei minha carreira de pós graduação e fiquei confortável com uma rotina nada saudável.

Eu saía com uns amigos e comia o que sabia que era ruim para mim. Me dei conta disso no dia em que subi na balança. Eu esperava que fosse ruim, mas não esperava ler “ERRO”. Eu tinha agora que encontrar uma balança que conseguisse mensurar minha quantidade ridícula de peso.

No começo, não me incomodou, apenas pensei “Uau, que droga. É terrível que eu esteja pesando tanto assim, mas tanto faz, estou curtindo a vida”.

Isso não significa que eu não me importava. Acredite, eu tentei perder peso antes. Todas as dietas e todas as propagandas na tevê? Sim, eu tentei todas e, por alguma razão, não pude continuar com elas.

“Fazer a bariátrica foi como tomar controle da situação” 

“Então, 4 anos atrás, eu conheci minha esposa Casey e ela me deu um propósito. Eu queria consertar a minha vida por ela. Nós dois precisávamos e queríamos isso.

Para mim, começou com uma cirurgia bariátrica em agosto de 2017. Para algumas pessoas, o procedimento é como trapacear. E esse não é o caso. A cirurgia foi como tomar controle da situação.

Depois, eu perdi entre 12 e 18 rapidamente, já que a cirurgia me obrigou a controlar as porções de comida — você não pode comer gordura, pois o organismo não sabe como metabolizá-la tão bem. Então eu me mantive numa dieta rica em proteínas. E sempre que eu comia, começava com as proteínas e vegetais, deixando o carboidrato para quando tivesse espaço.

Foi uma boa perda de peso, mas ainda me deixava com mais de 190kg. Eu ainda tinha muito peso para perder, mas esse começo me deu condições de fazer um pouco mais o trabalho que eu precisava para emagrecer mais.

Correr, por exemplo. Mesmo depois do que eu perdi logo após o procedimento, eu tinha que perder mais 15kg para poder correr sem sentir desconforto. Não que correr com 175kg seja fácil, mas com 30kg a menos, eu tinha mais confiança que meu corpo conseguiria cumprir minhas metas.

“Me tornei viciado em estabelecer e cumprir metas”

No começo, eu era obviamente devagar, mas cada vez que eu saía, eu me tornava um pouquinho melhor. Eu conseguia perceber o progresso fisicamente, e me tornei viciado em estabelecer e cumprir metas. Eu tornei minha perda de peso um objetivo e me dediquei a ter um estilo de vida mais saudável.

Também comecei a acordar às 4 da manhã todos os dias para treinar na sala de casa e correr com meu cachorro por pelo menos 5km. Alguns dia na Flórida são muito quentes, então às vezes eu fazia bike em casa mesmo.

Além disso, eu fazia pelo menos 30 minutos de corrida duas vezes por semana quando ia para academia. Pelo menos uma vez por semana, eu fazia treinos mais longos, de 10 a 20km. Trabalhar 14 horas por dia e ainda fazer exercício pode ser desafiador, mas eu faço dar certo.

Para todos os meus treinos, eu uso calças de compressão, o que parece estranho no calor. Mas como eu perdi muito peso, tenho muita pela sobrando. Deixa a corrida mai interessante, mas eu quero fazer a cirurgia de retirada da pele algum dia. Acho que faria uma grande diferença fisicamente e também deixaria a corrida mais confortável.

Eu tinha muito peso para perder, mas cada vez que a balança diminuía um número, eu ficava orgulhoso. Depois de 17 meses, eu perdi 115kg, me deixando com 95kg.

“Quero completar minha primeira maratona em janeiro”

Isso tudo me levou a começar a fazer meia maratonas, além de corridas curtas. Eu ainda tento correr mais rápido e melhor, e é por isso que quero completar minha primeira maratona em janeiro. Vou participar da Maratona da Disney, realizada em um fim de semana com corridas de 5, 10, 21 e 42km.

Até lá, eu espero ter alcançado minha meta de 90kg, o que espero conseguir nos próximos meses. Estou atualmente com 95kg e assim que eu eliminar os 5k que falta, vou fazer uma avaliação na Universidade da Flórida para ver como estou e se ainda preciso perder mais. Minhas metas continuam mudando constantemente, mas eu sempre me concentro em uma coisa: sempre melhorar.”

Quando a cirurgia bariátrica é indicada

cirurgião segurando bisturi

O relato acima faz uma observação muito importante em relação à cirurgia bariátrica. É possível que ele tivesse emagrecido apenas com a corrida. No entanto, o procedimento deu a ele a chance de iniciar essa atividade física.

Quando alguém está muito acima do peso, o que acontece é que o corpo não tem a mesma disposição para exercícios. Uma simples caminhada para quem está com mais de 150kg pode, por exemplo, sobrecarregar os joelhos. Isso torna a atividade inviável a longo prazo.

Assim, a cirurgia bariátrica está longe de ser uma trapaça ou um atalho para a perda de peso. Se trata de um meio de conseguir conquistar a perda de peso com menos sofrimento. E só é indicada para quem:

  • está com IMC acima de 40;
  • tem problemas de saúde causados pela obesidade;
  • passa por avaliação psicológica;
  • já tentou outros métodos e não teve bons resultados.

Não é uma decisão leviana, para quem tem preguiça, por exemplo. Na verdade, é como um tratamento médico como outro qualquer, visando a saúde.

Como começar a fazer corrida para emagrecer

homem fazendo corrida

A corrida é um exercício com muito potencial para queima de gordura. No caso de Christopher Hasty, a dificuldade estava na obesidade mórbida. Entretanto, para quem está acima do peso e ainda mantêm uma boa mobilidade, é uma atividade bastante acessível.

Para muita gente, há a impressão de que é preciso sair correndo super rápido, do nada. E não tem nada a ver com isso. O importante é começar a desafiar o organismo gradativamente. Para isso, o treino HIIT tem demonstrado muitos resultados.

Se você nunca ouviu falar, não se preocupe. Basicamente, é um treino com intervalos, em que você intercala uma atividade intensa com um período de descanso.

Veja um exemplo de como começar a correr:

  • 4 minutos de caminhada leve;
  • 15 segundos de corrida na velocidade mais intensa que conseguir;
  • 1 minuto de caminhada leve
  • 15 segundos de corrida na velocidade mais intensa que conseguir;
  • 1 minuto de caminhada leve
  • 15 segundos de corrida na velocidade mais intensa que conseguir;
  • 1 minuto de caminhada leve
  • 15 segundos de corrida na velocidade mais intensa que conseguir;
  • 1 minuto de caminhada leve
  • 15 segundos de corrida na velocidade mais intensa que conseguir;
  • 4 minutos de caminhada leve

No total, o treino acima tem apenas 13 minutos. Dá pra fazer na quadra de casa mesmo, sem sofrimento e sem gastar muito. O que você vai precisar é de um tênis de boa qualidade.

Ao longo do tempo, você pode aumentar esse período de corrida para 20, 30 segundos e ir diminuindo os intervalos de caminhada. Isso vai fazer com que seu corpo ganhe condicionamento. Sem contar que o princípio desse treinamento é acelerar o metabolismo, o que vai fazer com que perca peso em pouco tempo.

Se você tem um relato parecido como esse ou está precisando emagrecer, deixe seu comentário! Vamos ter prazer em ouvir a sua história!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui